Buscar
  • Elaine Rogeri

Casamento ao ar livre: Dicas para seu sonho não virar pesadelo.


Os casamentos ao ar livre continuam em alta e você sempre sonhou em casar na praia ao entardecer ou no campo em uma noite fresca e com uma decoração repleta de luzinhas, velas e muito romance...

O sonho é lindo mas, para evitar que se torne um pesadelo daqueles que deixam traumas, há uma série de cuidados e detalhes que devem ser observados.

1) Data x Local:

Você escolheu o local onde deseja celebrar seu casamento, agora deve verificar o histórico meteorológico do local para saber qual o período mais seco do ano . Para eventos em locais abertos e ao ar livre essa deveria ser a primeira providência.

Pense então em marcar seu evento dentro desse período mais seco e um Plano B só será necessário em casos muito raros. Vamos falar sobre Plano B daqui a pouco.

Essa questão de data e local não deve ser pensada apenas por causa de chuvas, mas também temperaturas muito baixas, muito altas, período de ventos fortes, tudo vai depender da região .

Estive em um casamento maravilhoso ano passado , em um local incrível, mas era Julho e o local era aberto e o casamento foi a noite. Convidados e noivos quase congelaram!!!

Já participei de casamentos na praia em duas ocasiões, em uma delas foi tudo perfeito, pôr do sol incrível, brisa deliciosa , areia seca .. no outro choveu a semana toda, a noiva segurou a decisão sobre colocar o Plano B em prática até o último momento e foi tudo muito tenso, improvisado e perdeu-se boa parte da decoração por causa da "insistência" da noiva...

Na cidade onde moro, o período mais seco vai de Abril a Agosto, salvo raras exceções, temos um Outono/Inverno bem seco . Entre Junho e Agosto costuma fazer muito frio a noite, exatamente por causa do céu sem nuvens, e o mês de Agosto costuma ter fortes ventos.

Já entre Novembro e Março as chuvas são bem frequentes e intensas , então o Plano B nesse período é vital.

2)Plano B pode salvar seu evento:

Vamos aos detalhes para os diversos Planos B que podem ser necessários:

  • Praia x chuva ou vento forte: Tenda com fechamento lateral e um piso elevado sobre a areia , caminho entre as áreas de cerimônia e festa cobertos ou providencie guarda-chuvas.

  • Não deixe para decidir em cima da hora , deixe que sua assessoria ou o responsável pela decoração e montagem decida qual o melhor momento para colocar o Plano B em prática.

  • Nem sempre será possível, mas um local de evento que oferece espaço aberto e fechado facilita e muito a vida. Um bom exemplo, escolheu casar na praia porque tem uma casa no local? Tire os móveis da sala ou da varanda, aumente as áreas cobertas com toldos ou tendas e aproveite!

  • Campo no inverno: Os dias podem ser ensolarados e muito agradáveis para um evento em local aberto, mas as noites podem ser bem frias! Invista em lareiras portáteis, aquecedores, mantas e pashiminas.

  • Não perca a oportunidade de explorar o céu aberto, vale investir em uma decoração cheia de luzinhas e velas que também ajudam a aquecer o ambiente.

  • Praia ou campo no Verão: Temperaturas altas, chuva muito provável e insetos! Marque sua cerimônia para os horários menos quentes , pela manhã ou a noite . As temperaturas costumam atingir seu pico por volta das 14:00 horas e as chuvas de verão costumam ser intensas no final da tarde. Leques, climatizadores , decoração leve e de cores claras, são alguns truques para refrescar seus convidados. Explore ao máximo os espaços embaixo das árvores, as sombras naturais são muito mais eficazes do que as artificiais.

Lembre-se um bom planejamento evitará muitos contratempos, vai deixar vocês muito mais tranquilos e vocês e seus convidados só lembrarão dos bons momentos vividos !

Quer mais dicas: assista meu vídeo institucional: https://www.youtube.com/watch?v=yFa5spKUlQo

Para mais informações entre em contato:

Elaine Rogeri

(15)99655-7581

contato@elaineeventos.com.br


40 visualizações